Natura

Tommy

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

DICA CULTURAL

Bora Ver ?
Amigos e lindonas desejo um final de semana abençoado para todos vocês. Não sei se programaram a diversão, mas, o blog mais uma vez traz algumas sugestões de teatro, musicais, shows, filmes, exposições, etc. Caso assistam alguns dos eventos sugeridos aqui, deixem seus comentários . Acho bacana saber a opinião de vocês. Mesmo se não gostarem dos eventos, escrevam.
Bora ver?

Musicais - CAZUZA- Pro Dias Nascer Feliz

<p> O grupo Barão Vermelho, no musical</p>

Resenha por Milena Emilião
Os recentes musicais brasileiros têm mostrado uma característica comum: a escolha certeira do ator principal. O melhor exemplo, sem dúvida, foi Tiago Abravanel na pele de Tim Maia. Também com a direção de João Fonseca, agora Emílio Dantas dá vida e voz ao protagonista de Cazuza — Pro Dia Nascer Feliz, o Musical. Brilhante, o intérprete carrega o espetáculo e domina os trejeitos e o timbre do cantor e compositor carioca. Não há grandes números de dança nem cenários incríveis. O roteiro foca a vida do personagem a partir da formação do Barão Vermelho até sua morte em decorrência da aids, em 1990. Sua mãe, Lucinha Araújo (Susana Ribeiro), conduz a narração e, assim, justifcam-se os panos quentes ao tratar dos excessos do músico com álcool, drogas e sexo. Um pouco de tudo está ali: o apadrinhamento por Ney Matogrosso (Fabiano Medeiros), os conflitos profissionais, como ele lidou com a doença... Exageradamente dramático, o segundo ato aborda a fase “ideologia-eu-quero-uma-pra-viver” e o fim de sua vida. No elenco de catorze atores está Marcelo Várzea, no papel de João Araújo, o pai de Cazuza. Sete músicos fazem o acompanhamento. Estreou em 18/7/2014. Até 26/10/2014.

Local : Teatro Procópio Ferreira- Até 26 de outubro

Rua Augusta, 2823 - Jardim Paulista - São Paulo - SP - Tel.: (11) 3083 4475
Quinta e sexta, 21h; sábado, 17h30 e 21h30; domingo, 18h.
Bilheteria: 14h/19h (terça e quarta); a partir das 14h (quinta a domingo).
Quinta: R$ 50,00 a R$ 140,00
Sexta: R$ 50,00 a R$ 160,00
Sábado e domingo: R$ 50,00 a R$ 180,00

Cinema- Filme: ANJOS DA LEI 2

'Anjos da Lei 2': Jonah Hill e Channing Tatum, sequência sagaz e divertida

Resenha por Tiago Faria
Na animação Uma Aventura Lego, os diretores Phil Lord e Christopher Miller provaram que até brinquedinhos de montar podem render bilheteria de gente grande. Sete meses depois, eles se saíram bem em outra missão aparentemente impossível: a sequência de Anjos da Lei resultou tão engraçada e sagaz quanto o primeiro capítulo da cinessérie, de 2012. Na época, vale lembrar, poucos apostavam na adaptação do seriado homônimo, exibido de 1987 a 1991. Em uma jogada inteligente, os cineastas trocaram o drama policial por uma comédia de ação e aproveitaram para satirizar, entre outros alvos, a onda de refilmagens descartáveis. O novo longa acentua o tom debochado ao abraçar por completo a autoparódia. Para se ter ideia da pegada ácida do roteiro, repete-se ao pé da letra a premissa do longa anterior. De volta ao batente, o fortão Jenko (Channing Tatum) e o nerd desengonçado Schmidt (Jonah Hill, cada vez mais inspirado no papel) são escalados para se infiltrar numa universidade e desmascarar os traficantes de uma nova droga. A estratégia perde o freio quando os tiras espiões passam a seguir caminhos diferentes dentro do câmpus. Cada vez menos entrosados, eles terão de discutir a relação — com direito a consultório de psicólogo. Para a surpresa do espectador em busca apenas de mais tiros e piadas a mil por hora, a fita se transformará em uma espécie de comédia romântica... nada igual às outras. Estreou em 4/9/2011.

Indicado ao Oscar: Jonah Hill concorreu neste ano como ator coadjuvante no papel do sócio do personagem de Leonardo DiCaprio em O Lobo de Wall Street .

Salas: vejam diretamente no site no final da postagem

Exposições -Histórias Mestiças 

Tela Joaninha, de Luiz Zerbini

Resenha por Laura Ming
Interessados em explorar a mistura de raças que formou o povo brasileiro e como ela apareceu nas artes plásticas através dos anos, o curador Adriano Pedrosa e a professora de antropologia da USP Lilia Schwarcz organizaram esta ótima mostra. O resultado é evidente na qualidade das 400 obras e na consistência das conexões propostas. Vale a pena perder certo tempo em cada uma das seis salas e se deixar levar pelas reflexões incitadas. Joaninha, tela de Luiz Zerbini, por exemplo, foi colocada ao lado das pinturas faciais indígenas que a inspiraram. Realizada por Claudia Andujar, a comovente série de fotos de uma tribo ianomâmi afetada pela gripe no início da década de 80 está disposta como uma linha do tempo. Junto delas, ficam gravuras do século XIX, que narram o encontro entre bandeirantes e indígenas. Máscaras africanas e mapas antigos também estão em exibição. Quem quiser apenas se deleitar com belas pinturas, sem embarcar na tese dos curadores, poderá apreciar as obras de Adriana Varejão, Beatriz Milhazes e Albert Eckhout. De 16/8/2014. Até 5/10/2014

Local: Instituto Tomie Ohtake

Rua Dos Coropés, 88 - Pinheiros - São Paulo - SP - Tel.: (11) 2245 1900
Terça a domingo, e feriados, 11h às 20h.
Estacionamento: R$ 11,00 (a primeira hora) e R$ 5,00 (a hora adicional).
Grátis

Teatro- SONHO de uma NOITE de VERÂO

Peça Sonho de uma Noite de Verão

Resenha por Milena Emilião
A comédia de William Shakespeare narra o encontro entre seres do universo fantástico com jovens enamorados perdidos em um bosque e será encenada nos jardins do Parque Villa-Lobos (ao lado do campo de futebol). O responsável pela adaptação e direção é Pedro Granato. O elenco traz Domitila Gonzalez, Gabriel Tavares e Marina Campanatti, entre outros, que também executam as músicas ao vivo. De 16/8/2014. Até 14/9/2014.

Loca l:  Parque Villa- Lobos - Até 14 de setembro

Avenida Professor Fonseca Rodrigues, 2001 - Alto De Pinheiros - São Paulo - SP - Tel.: (11) 2683 6302
Sábado e domingo, 15h.
Entrada:  Grátis

Fonte: Veja São Paulo