Natura

Tommy

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Bora Ver ?

DICA CULTURAL

Olá amigos e lindonas do blog. Desejo um final de semana bacana, divertido! Temos teatro, shows, música, dança, cinema, festas, exposições de arte e um montão de programas legais para fazer esse fim de semana em sampa seja a dois, com a família ou amigos. O importante é arejar a cabeça, relaxar e curtir o que de melhor a cidade oferece. Bora ver?

Teatro- Hamlet ao Molho Picante- Comédia 



Resenha por Milena Emilião
A história de Shakespeare sobre o príncipe louco é descrita pelos que trabalham na cozinha do castelo dinamarquês. A comédia do italiano Aldo Nicolaji tem direção de Dagoberto Feliz. Rosi Campos, Luciana Paes, Paulo de Pontes e outros integram o elenco. Estreou em 15/8/2014. Até 28/9/2014.

Até 28 de setembro
Local: Teatro Raul Cortez

Rua Doutor Plínio Barreto, 285 - Bela Vista - São Paulo - SP - Tel.: (11) 3254 1631
Sexta, 21h30; sábado, 21h; domingo, 18h.
Bilheteria: 14h/20h (terça a quinta); a partir das 14h (sexta a domingo).
Estacionamento: R$ 19,00. 
Estreia prometida para sexta (15/8).
Sexta: R$ 60,00
Sábado e domingo: R$ 80,00

Exposições- Candido Portinari- Biblica e Retirantes


<p> A Ressurreição de Lázaro, da série Bíblica: influência assumida de Pablo Picasso</p>

Resenha por Laura Ming
Em 1941, ao ficar impressionado com Guernica, a famosa tela de Pablo Picasso, na época em exposição no Museu de Arte Moderna de Nova York, Candido Portinari (1903-1962) decidiu trazer a força da pincelada cubista para seus trabalhos. O resultado pode ser observado na série Bíblica, composta de oito pinturas em tons de cinza, que retrata passagens do Novo e do Velho Testamento. A influência, tão clara, chega a sugerir certa falta de originalidade. Ainda assim, é tocante a dramaticidade de cada cena, em que sobram lágrimas e expressões de desespero, como em A Ressurreição de Lázaro (1944). As peças, exibidas no subsolo do Masp, aparecem junto de três obras da série Retirantes. Trata-se da mesma mostra que esteve em cartaz no Masp há pouco mais de um ano. São telas que valem ser vistas ou relembradas pela relevância do conjunto. A partir de 21/6/2014

A partir de 15 de agosto
Local: MASP

Avenida Paulista, 1578 - Bela Vista - São Paulo - SP - Tel.: (11) 3251 5644
Terça, quarta, sexta a domingo e feriados, 10h às 18h; quinta, 10h às 20h.
A bilheteria fecha meia hora antes.
Ingresso: R$ 15,00
Grátis às terças para todos os visitantes; nos demais dias, grátis apenas para menores de 10 anos e pessoas com mais de 60.

Dança- Temporada de Dança no Teatro Alfa

A dança contemporânea levada à cena pela companhia possui prestígio internacional

Resenha por Carolina Giovanelli
Um dos principais eventos da cidade, a Temporada de Dança do Teatro Alfa chega ao seu décimo primeiro ano. Sobem ao palco entre 7 de agosto e 21 de dezembro seis companhias já confirmadas: a americana Alonzo King Lines Ballet, a inglesa Akram Khan e as brasileiras Grupo Corpo, São Paulo Companhia de Dança, Companhia de Dança Deborah Colker e Cisne Negro Cia. de Dança. Veja a programação a seguir:

7 a 17/8: Grupo Corpo, com Ongotô (2005) e Triz (2010)
21 a 24/8: São Paulo Companhia de Dança, com Le Spectre de la Rose (de Michel Fokine, 2014); Petite Mort (de Jirí Kylián, 2013) e wokwithnwork (estreia/ de William Forsythe)
29/8 a 7/9: Companhia de Dança Deborah Colker, com Belle (2014)
30/9 a 1/10: Antonio Gades, com Fuego (1989)
26 a 28/9: Alonzo King Lines Ballet, com Constellation
18 a 20/10: Akram Khan, com Desh (2011)
19 a 23/11: Ballet Mariinski (Ballet Kirov), com O Corsário. Participa a Orquestra Sinfônica de Barra Mansa, regida pelo maestro Mikhail Agrest

Até 21 de dezembro
Local: Teatro ALFA

Bares- Wine- bars  endereços indicados para apreciar um bom vinho com a família , a dois ou com amigos

Seleção variada de rótulos é diferencial dos bares dedicados à bebida, como o Bardega, o melhor bar de vinhos na edição especial do "Comer & Beber", e o novo Tazza


Em taça: há doses de 30, 60 e 120 mililitros

O mercado de vinhos não para de crescer. E, com ele, uma série de endereços dedicados à bebida. Há lugares de perfis variados. Para ir a dois ou com amigos, oWine Bar La Table dispõe de uma seleção especial de 400 rótulos, que mudam pelo menos duas vezes por mês. Já o Bardega, escolhido o melhor bar de vinhos na edição do "Comer & Beber" 2013, agrupa a maior seleção de rótulos em taça da cidade. Escolha o que combina mais com seu perfil:
Bardega: escolhido o melhor bar de vinhos na edição do "Comer & Beber" 2013, é o wine-bar mais bacana da cidade, com uma oferta recorde de vinhos em taça: são 111 opções de brancos, rosés, tintos e espumantes. Outra sacada é o sistema de autoatendimento. Provar uma tacinha ali se torna um ato tão despretensioso quanto entornar uma caldeireta gelada de chope em outros endereços vizinhos. Sem afetação. Não à toa, o lugar começa a encher de engravatados logo que abre, por volta das 7 da noite. Para começar a beber, é preciso pegar um cartão com os garçons. Ele é usado para acionar uma das doze máquinas Enomatic, que mantêm a qualidade da bebida mesmo depois de aberta. São três doses: 30, 60 e 120 mililitros. Produzido com uvas tempranillo (95%) e graciano (5%), o espanhol Ontañon Reserva 2004 da Rioja custa R$ 19,00 (60 mililitros). Caso prefira uma opção mais refinada, e cara, a dica é o italiano Poggio di Sotto Brunello di Montalcino 2006 (R$ 120,00, 60 mililitros), que recebeu 97 pontos do crítico americano Robert Par­ker. Para harmonizar, a polenta cremosa vem com lascas de pato defumado mais vegetais assados (R$ 25,00). .
Wine Bar La Table:funciona ininterruptamente até as 11 da noite dentro do restaurante La Table Enogastronomia, junto à loja de vinhos Mondo di Vino. O espírito festivo baixa nas mesas graças a uma máquina italiana Enomatic, na qual se armazenam apenas rótulos tintos. Ali há quatro opções em taça que podem ser apreciadas em doses de 25, 75 ou 150 mililitros. Vindo da Califórnia, o Delicato Cabernet Sauvignon 2010 é uma das opções. Para comer, prove a porção de rústicos crostini de cogumelos.
Enoteca Decanter: a importadora Decanter só ganhou uma loja em São Paulo em 2008. Desde o início, a parte dos fundos do grandioso ponto de vendas abriga um charmoso wine bar, eleito o melhor desta categoria que estreia no “Comer Beber”. Em seu espaço para 26 pessoas, podem ser apreciados 85 rótulos em taça. Há espumantes, brancos, tintos, rosés, fortificados e de sobremesa. O serviço é feito com amabilidade pela sommelière venezuelana Barbarita Cacegliero, que sugere taças de tintos como o espanhol Adaro de Prado Rey 2009, feito com uvas tempranillo. Para beliscar, há tábuas de queijos.
Rubi Wine Bar: tijolos aparentes, mesas de madeira de demolição, luminárias feitas de garrafas de vidro compõem a atmosfera informal da casa, gostosa para ir a dois. Entre os mais de noventa rótulos figuram o argentino Família Gascón Malbec 2011 e o chileno Koyle Reserva Carménère 2012. Da cozinha, sobressaem o steak tartare e as bruschettas. Confira a combinação de queijo teleggio, alho-poró e presunto cru.
Spiritu Di Vino: não torça o nariz por este lugar ter a forma de um quiosque em um shopping. Transferido do 2º andar para um cantinho do 3º piso do Eldorado, concentra suas mesas em uma área delimitada por floreiras. Trata-se de um wine-bar com duas máquinas Enomatic, que armazenam sempre oito rótulos, servidos em três opções de dose: 30, 60 e 120 mililitros. Revezam-se quinzenalmente sugestões de uma carta com 140 vinhos -- eles podem ser consumidos na hora ou levados para casa. Para se divertir com uma variedade de taças, vale pegar a degustação chamada de circuito. Oferece apenas exemplares portugueses e inclui quatro copos de 30 mililitros mais seis disquinhos de crocante de parmesão e uma garrafa de água.
Tazza: neste wine-bar sem luxo, não se ouve o vinho ser desarrolhado. Os 42 rótulos estão disponíveis apenas em taça, a maioria no estilo self-service. Ou seja, é o próprio cliente quem coloca o copo na máquina que armazena as garrafas, decide a dose (30, 60 ou 120 mililitros) e pressiona o botão. O italiano Il Bruciato Cabernet Sauvignon 2012 sai por R$ 17,00 (60 mililitros). Vem da Grécia o tinto grego Driopi Reserva 2008, a R$ 16,00 (60 mililitros). A chef Lucia Sequerra merece um brinde pelos crocantes e deliciosos bolinhos de camarão temperados com azeite de dendê e pimenta dedo-de-moça (R$ 30,00, oito unidades).

Fonte: Veja São Paulo