Natura

Tommy

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Bora ver ?

Dica Cultural
Olá! A copa acabou, deixou tristezas e saudades.Tristeza porque perdemos a copa e saudades dos estrangeiros que visitaram nosso país e principalmente do povo brasileiro que foi um espetáculo a parte. O povo brasileiro mostrou que é capaz de receber bem nossos irmãos estrangeiros, fez a alegria nas arquibancadas, vestiu-se de verde e amarelo e uniu-se aos visitantes fazendo uma bela festa. Mas...como tudo na vida, um dia acaba. A vida continua e a nossa cidade de São Paulo está repleta de coisas bacanas pra fazer. Inclusive vocês vão poder se divertir gastando pouco. Existem várias peças em cartaz,  com ingressos de até R$ 20,00 ou até mesmo gratuitos. Bora ver um pouquinho do mundo cultural paulistano?

Teatro
Nathalia Timberg apresenta o monólogo " A SÓS" 

<p> No palco: poemas de Adélia, Drummond e Pessoa</p>

No palco, poemas de Adélia, Drummond e Fernando Pessoa
Somente grandes atores são capazes de enfrentar uma plateia exigente,sozinhos no palco. Nathalia Timberg, dispensa apresentações. Tem uma longa carreira de sucesso e talento no teatro, cinema e televisão. Maiores informações no site ao final dessa postagem.

Teatro - Cais ou da Indiferença das Embarcações


<p> 'Cais ou da Indiferença das Embarcações': uma das peças com mais indicações ao prêmio Shell 2013 tem 3 horas de duração</p>
Cais ou da Indiferença das Embarcações: peça premiada tem três horas de duração (Foto: Ligia Jardim)

Resenha por Dirceu Alves Jr.
No fim de outubro de  2012, a montagem da Velha Companhia estreou de mansinho no Instituto Cultural Capobianco. Fez-se, então, um boca a boca em torno do drama épico escrito e dirigido por Kiko Marques. Algo compreensível não apenas por sua história arrebatadora, que enfoca três gerações de uma família, mas também pela forma como a encenação simples reproduz a trama ambientada na Ilha Grande, no litoral fluminense. No fim da década de 20, a garotinha Magnólia (Tatiana de Marca) conhece um rapaz crescido (o ator Marcelo Marothy), e os dois se apaixonam. A Revolução de 30 e o Estado Novo afastam a possibilidade de um reencontro, e ela se casa com outro. Quem traz essa história à tona — e suas consequências trágicas — é o ator Walter Portella, na pele de um narrador que representa um barco. Efeitos especiais ou recursos sofisticados são dispensados. Em cena estão dois músicos e doze atores, entre eles entre eles Alejandra Sampaio, Marcelo Diaz, Marcelo Laham, Maurício de Barros, Virgínia Buc kowski, Patrícia Gordo e o autor e também diretor.   Estreou em 29/10/2012. Até 11/8/2014.

Local: Oficina Cultural Oswald de Andrade

Rua Três Rios, 363 - Bom Retiro - São Paulo - SP - Tel.: (11) 3222 2662
Segunda, terça, sexta e sábado, 19h.
Ingressos distribuídos meia hora antes.
É Grátis !

Teatro- Drama 

C+A+T+R+A+C+A


<p> Luah Guimarãez, Renato Wiemer, Luna Martinelli, Tatiana Tomé e Luis Mármora: cinco atores sob direção de Marcia Abujamra</p>
 Luah Guimarãez, Renato Wiemer, Luna Martinelli, Tatiana Tomé e Luis Mármora: cinco atores sob direção de Marcia Abujamra (Foto: João Caldas)

Resenha por Dirceu Alves Jr.
A diretora Marcia Abujamra convocou cinco autores para criar — entre o drama e a tragicomédia — histórias que tratassem das metafóricas catracas que atravancam nosso caminho. E alcançou um bom resultado. Priscila Gontijo escreveu Esse Reino Minúsculo, trama absurda sobre uma entrevista de emprego muito bem defendida pelos atores Renato Wiemer e Tatiana Thomé. A Última Ceia, de Noemi Marinho, ganhou versões heterossexual e gay para mostrar um casal à beira da separação. Menos fluente, A Arte de Amar, de Marcelo Romagnoli, investe em símbolos para apresentar a relação de um homem e uma mulher, representados por Luís Mármora e Tatiana. Bem mais divertida é Ao Vivo, de Jô Bilac. Nessa peça, um jornalista (vivido por Wiemer) se envereda por um bate-papo surreal com uma celebridade (Luna Martinelli) no sambódromo.
Entre os esquetes, a atriz Luah Guimarãez desafia a plateia em monólogos de Fernando Bonassi que fundem ficção e fatos do noticiário. Estreou em 31/5/2014. Até 27/7/2014.

Local: Sesc Pompeia até 27 de julho

Rua Clélia, 93 - Água Branca - São Paulo - SP - Tel.: (11) 3871 7700
Sexta e sábado, 21h; domingo, 18h.
Bilheteria: 9h/21h (terça a quinta); a partir das 9h (sexta a domingo). Ingressos também em toda a rede Sesc. Local da apresentação: Espaço Cênico.
Ingresso: R$ 20,00

Fonte: http://vejasp.abril.com.br/teatro#