Natura

Tommy

sexta-feira, 30 de maio de 2014

Bora ver ?

DICA CULTURAL

Bora fazer um giro cultural e saber o que  de bacana está acontecendo em sampa. São tantas coisas legais, que, para esse simples blog, fica difícil listar aqui todos os eventos bons e de qualidade que a cidade oferece aos seus moradores e visitantes. O blog seleciona apenas alguns como sugestão, sempre priorizando as produções nacionais. Para ver a lista completa, acessem o site, logo abaixo da postagem.  Galera que vocês tenham um final de semana maravilho com muitas coisas boas. Bora ver ?

Teatro

Rita Lee Mora ao Lado

Mel Lisboa na pele da rainha do rock
Com Mel  Lisboa representando a nossa roqueira Rita Lee

Resenha por Dirceu Alves Jr.
Em meio a tantos expoentes do gênero, o musical Rita Lee Mora ao Lado pode ser encarado como um primo pobre. Afinal, conta com cenários despojados, coreografias simples e um elenco algumas vezes carente de técnica. Sua qualidade, no entanto, é justamente saber o próprio tamanho e se limitar a homenagear a cantora sem exagerada pretensão. Adaptada do livro Rita Lee Mora ao Lado — Uma Biografa Alucinada da Rainha do Rock, de Henrique Bartsch, a montagem traz uma carismática Mel Lisboa no papel principal. A atriz tem poucas cenas em que lhe são exigidos recursos dramáticos profundos, mas carrega uma energia e uma irreverência próximas às da estrela. Em uma fusão de ficção e realidade, a trama mostra Rita da infância aos dias de hoje, por meio das confusões de Bárbara Farniente (vivida pela ótima Carol Portes, figura fundamental para o resultado), uma vizinha que acompanhou de perto a vida da família da artista. Construída pelos diretores Débora Dubois e Márcio Macena, além de Paulo Rogério Lopes, a dramaturgia enfileira esquetes e vários deles soam dispensáveis. Enquanto as intervenções de João Gilberto (Nelson Oliveira) e Ney Matogrosso (Fabiano Augusto), contribuem para narrar a história, os números de Caetano Veloso (Antonio Vanfill) e Gal Costa (Yael Pecarovich) só esticam a duração. Apoiada por seis músicos, Mel anima a plateia com Agora Só Falta VocêSaúdeJardins da Babilônia e Ando Meio Desligado, entre outros sucessos, e é isso o que interessa. Em nome da festa, o público se rende, e o teatro se faz pela devoção a Rita Lee, especialmente quando Mel interpreta Coisas da Vida. Com Rafael Maia (como Roberto de Carvalho), Samuel de Assis, Débora Reis, César Figueiredo e outros. Estreou em 4/4/2014. Até 29/6/2014.

Teatro das Artes em SP

Avenida Rebouças, 3970 - Shopping Eldorado - Pinheiros - São Paulo - SP - Tel.: (11) 3034 0075
Sexta, 21h30; sábado, 21h; domingo, 19h.
Bilheteria: 14h/20h (terça a quinta); a partir das 14h (sexta a domingo). Estacionamento (R$ 14,00 por quatro horas).
Sexta: R$ 60,00 e R$ 80,00
Sábado: R$ 80,00 e R$ 100,00
Domingo: R$ 70,00 e R$ 90,00

Jesus Cristo Superstar- última semana

<p> Jesus Cristo Superstar</p>
Igor Rick

Resenha por Dirceu Alves Jr.
Criada por Andrew Lloyd Webber e Tim Rice em 1970, a ópera-rock ressuscitou discussões por onde passou nas últimas quatro décadas. Jesus Cristo, Judas Iscariotes e Maria Madalena (interpretados respectivamente por Igor Rickli, Alírio Netto e Negra Li) são apresentados aqui cheios de crises e contradições. Dirigida por Jorge Takla, a atual montagem enfoca a derradeira semana de Jesus, desde a chegada a Jerusalém até o dia da crucificação. Figura mobilizadora da atenção popular, o protagonista desperta a inveja de uns, como a do amigo Judas, e a preocupação dos que detêm o poder, envolvendo-se em embates políticos. Takla reforça a ascensão meteórica do personagem a ídolo pop — e o carisma de Rickli colabora muito para isso. A plateia acompanha seu apogeu e crucificação como se ele fosse uma celebridade fabricada no século XXI. Em um crescente, a dramaturgia em versos seduz. Se Negra Li se destaca mais pela afinação, Netto e Rickli sublinham nuances dramáticas de Judas e Jesus. Chamam atenção também as atuações de Fred Silveira, como Pilatos, e Wellington Nogueira, responsável por um dos melhores momentos na pele de Herodes. Estreou em 14/3/2014. Até 1º/6/2014.

Números grandiosos: 28 atores e uma orquestra de onze instrumentistas, sob a direção musical de vânia Pajares, estão no palco. O espetáculo soma 26 números divididos em dois atos.

Complexo Ohtake Cultural

Rua Dos Coropés, 88 - Pinheiros - São Paulo - SP - Tel.: (11) 4003 5588
Quinta e sexta, 21h; sábado, 17h e 21h; domingo, 18h.

Bilheteria: 12h/20h (terça e quarta); a partir das 12h (quinta a domingo). Vendas também pelo telefone 4003-5588. Estacionamento com manobrista (R$ 25,00). Local da apresentação: Teatro.
Ingresso: De R$ 50,00 a R$ 190,00

Cinema

Os homens são de Marte e é pra lá que eu vou !

Com Mônica Martelli

Resenha por Miguel Barbieri Jr.
Aos 39 anos, Fernanda (Mônica Martelli) está separada e anda à procura da cara-metade. Ela é dona de uma empresa especializada em casamentos e arranja uns momentinhos para paquerar durante as festas dos clientes. Seu primeiro pretendente, o galanteador e romântico Juarez (Eduardo Moscovis), revela-se o homem ideal, mas tem um “pequeno defeito”. Outros vão conhecer Fernanda e se apaixonar por ela ao longo da história. Dirigida com elegância por Marcus Baldini (de Bruna Surfistinha), a comédia tem uma produção bastante caprichada e atores coadjuvantes dando suporte para a protagonista brilhar. Além do sempre divertido Paulo Gustavo (Minha Mãe É uma Peça), Irene Ravache, Humberto Martins e Daniele Valente encontram o tom certo do humor. As melhores sequências, contudo, são com o alemão Peter Ketnath (Cinema, Aspirinas e Urubus) no papel de um estrangeiro na Bahia. Estreou em 29/5/2014.


Do palco para a tela: o filme é baseado na peça escrita pela própria Mônica Martelli e vista por 2 milhões de pessoas nos nove anos em que permaneceu em cartaz.

Horários e salas - Até 04 de junho- diretamente no site , que você vê no final da postagem.

É Grátis

A Madrinha embriagada continua em cartaz. Uma bela comédia para você divertir sem colocar a mão no bolso.

Atrizes do musical 'A Madrinha Embriagada'

Resenha por Milena Emilião
Um musical dentro de uma comédia. A definição dos autores Bob Martin e Don Mc Kellar revela-se igualmente perfeita para a versão brasileira do espetáculo, adaptada com brilho pelo também diretor Miguel Falabella. Ambientada na São Paulo dos anos 20, a trama divertida e simples traz uma madrinha (a travessa Stella Miranda) contratada para pajear uma atriz (Sara Sarres) às vésperas do casamento. Enquanto a história se passa, um narrador (papel de Ivan Parente) explica à plateia alguns truques usados no musical. Ele chega a interromper a montagem para mostrar, por exemplo, que os esquetes feitos com as cortinas fechadas servem para trocar os cenários entre um ato e outro. Esses momentos fazem o público rir. Falabella homenageia no texto alguns intérpretes brasileiros importantes — caso da corista cômica vivida por Kiara Sasso, uma referência à atriz Eva Todor. O elenco reúne ao todo 25 integrantes, entre eles Saulo Vasconcelos, Paula Capovilla e Andrezza Massei. Estreou em 17/8/2013. Até 29/6/2014.

Preste atenção... nos belos figurinos criados pelo estilista Fause Haten.

Garanta seu lugar: os ingressos ficam disponíveis sempre a partir do dia 20 do mês anterior.

Teatro do  SESI

Avenida Paulista, 1313 - Bela Vista - São Paulo - SP - Tel.: (11) 3146 7406
Quarta a sexta, 21h; sábado, 16h e 21h; domingo, 19h.
Reserva de ingressos pelo site www.sesisp.org.br/ingressomadrinha. Ingressos remanescentes serão distribuídos no dia a partir das 13h (quarta a sábado) e das 11h (domingo).
Ingresso: Grátis

BMW Jazz Festival


<p> Ahmad Jamal:o pianista trabalhou com Miles Davis</p>
Ahmad Jamal:o pianista trabalhou com Miles Davis


Resenha por Patrícia Colombo
Ele já deixou claro que não vai incluir Don’t Worry Be Happy no repertório. E ponto final. Mas, quando se trata do cantor e maestro Bobby McFerrin, há muito mais que esperar. Sua música reúne elementos do jazz, do blues e até de temas eruditos, o que a torna especial e bastante abrangente. “Não vejo a hora de me apresentar no Brasil de novo. O público é tão musical que eu consigo sentir a vibração no ar”, diz o americano, a principal atração do BMW Jazz Festival. A base de seu show são as novidades do álbum spirityouall (2013), no qual homenageia o pai, o barítono Robert McFerrin. Os ingressos já estão esgotados para o sábado (31/5/2014), no HSBC. Mas o músico canta gratuitamente na área externa do Auditório do Ibirapuera no domingo (1º/6/2014) e em show no Bourbon Street, no dia 2/6. O BMW Jazz Festival também recebe o pianista Ahmad Jamal, de 83 anos, ex-parceiro de Miles Davis, e o contrabaixista britânico Dave Holland, um dos mais importantes nomes do jazz europeu. Participam ainda o saxofonista Kenny Garrett, com mais de trinta anos de carreira e Grammy na prateleira, o trompetista Chris Botti, grande vendedor de álbuns instrumentais nos Estados Unidos, a big band Snarky Puppy, que mescla blues, funk e jazz, e a brasileiríssima SpokFrevo Orquestra. Dias 29, 30, 31/5 e 1º/6/2014.

Programação dia a dia

Quinta (29): Ahmad Jamal e Kenny Garrett
Sexta (30): Chris Botti e Dave Holland
Sábado (31): Bobby McFerrin, SpokFrevo Orquestra e Snarky Puppy
Domingo (1º): Bobby McFerrin na plateia externa do Auditório Ibirapuera

Apresentação  GRÁTIS no Ibirapuera

Concertos 

<p> Emmanuel Pahud, flautista franco-suíçoEmmanuel Pahud, flautista franco-suíço </p>
Emmanuel Pahud, flautista franco-suíço

Resenha por Patricia Colombo
Diretor artístico e regente da Sinfônica de Gävle, na Suécia, o espanhol Jaime Martín comanda a Osesp em três apresentações. No roteiro estão Catalonia, peça de Isaac Albéniz, e Concerto para Flauta, de Dalbavie, com solos do suíço Emmanuel Pahud. Manfred, Op. 58 — Sinfonia em Quatro Quadros, de Tchaikovsky, encerra o recital. Dias 29, 30 e 31/5/2014.

Sala São Paulo

Praça Júlio Prestes, 16 - Campos Elíseos - São Paulo - SP - Tel.: (11) 3367 9500
Quinta e sexta, 21h; sábado, 16h30.
Bilheteria: 10h/18h (segunda a sexta); 10h/16h30 (sábado). Estacionamento (R$ 20,00). ATENÇÃO: os ingressos para a apresentação de sábado (31/5) estão esgotados.
Ingresso: De R$ 36,00 a R$ 166,00

Fonte: http://vejasp.abril.com.br/